Robalo Peva
19/06/2015
2 comments
Compartilhe

Robalo Peva

Nome Popular

Robalo / Robalo peva / Robalo branco / Robalo coco / Robalo barriga mole / Snook

Nome Científico

Centropomus parallelus

Família

Centropomidae

Distribuição Geográfica

Desde a Flórida, nos Estados Unidos, passando pelo Golfo do México, até Santa Catarina (época do Verão no Brasil).

Descrição

Peixe de escamas. Entre os peixes desta família, o robalo-peva (ou peba) tem como característica um corpo mais alto (pelo menos em relação ao robalo-flecha) e a testa levemente côncava. Soma-se a isso, há ainda uma linha lateral escura (não negra), que corre longitudinalmente em toda a sua extensão. Na nadadeira anal há um largo espinho.

Este peixe, que possui outros nomes como camurim-apuá, cambriaçu, camurim-branco, camurim-amarelo, camurim-peba, camurim-pena, camurim-tapa, camuri e cangoropeba, chega a pesar 5 quilos e a medir 70 centímetros.

Peixes desta família são considerados os maiores astros da pesca esportiva.

Na costa brasileira existem cinco espécies. Além do peva, tem o flecha, o ticopá, o corcunda e o sovela (por ordem decrescente de tamanho).

Uma das características da espécie é também não gostar de água fria. Quando a temperatura fica abaixo de 18 graus, logo procuram outro lugar para estar. Quando isso não é possível, ficam letárgicos, não comem e até morrem.

Ecologia

Ocorre em costas, estuários, lagoas salobras, rios costeiros, praias, mangues.

Alimenta-se de peixes, crustáceos, moluscos, insetos, e vermes.

Quanto à reprodução, a do robalo-flecha é a mais conhecida e acredita-se que nas demais espécies desta família o ciclo reprodutivo seja semelhante. Geralmente ocorre no mar (época de Verão, no Sul e durante o Outono, no Norte e Nordeste). Os ovos são flutuantes e eclodem entre 18 e 36 horas após a fecundação. As larvas são planctônicas e normalmente iniciam seu desenvolvimento em zonas de estuários, mangues e lagoas. Alimentam-se de zooplâncton. Com 2 centímetros de comprimento, os peixinhos já são completos.

Equipamentos

Equipamento médio/pesado; linhas de 14 a 25 lb., atadas a um arranque de linha mais grossa, com, no mínimo, dois metros, pois, depois de fisgado, o robalo procura proteção entre os galhos e locas.

Iscas

As melhores iscas são de camarão e peixinhos vivos, que podem ser arremessadas nas margens ou serem usadas na rodada, próximas ao fundo. As iscas artificiais como plugs, tanto de superfície quanto de meia água, jigs e shads também são bastante produtivas e devem ser trabalhadas junto aos troncos e galhadas nas margens.

Dicas

Sempre que sair para uma pescaria de robalo, consulte a tábua de marés (prefira a maré de quarto) e consiga informações sobre o local de pesca, presença de locas e galhadas. Os arremessos devem ser sempre na direção de galhos, raízes e pedras.

 

 

visite-nossa-loja-virtual Robalo Peva

www.pescanapraia.com

Comentários

  1. Orlanderlei Brito
    Orlanderlei Brito janeiro 02, 20:00
    Que peixe maravilhoso,estive agora final de 2018,nos molhes de Torres RS e em Passo de Torres SC,tive o prazer de fisgar um robalo peça na isca artificial de meia água,foi emocionante o peixe é voraz e a briga é Boa. Pratico o pesca e solta.
    • Alexandre Bouças
      Alexandre Bouças Author janeiro 30, 17:11
      Prezado Orlanderlei , tudo bem ? Sem dúvida alguma , o robalo está na lista dos peixes mais cobiçados para se pescar devido a sua esportividade , o ideal mesmo é sempre praticar o pesque e solte , para que futuras gerações possam ter o mesmo prazer em que você e outros pescadores já tiveram . Sucesso e boas pescarias !

Escrever comentário

Seus dados não será publicado! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa. Os campos obrigatórios marcados como *