Pesca de Farnangaio
14/08/2014
1 comment
Compartilhe

Pesca de Farnangaio

Muito mais que uma isca para grandes peixes, uma espécie esportiva.

Cotado como uma das melhores iscas naturais para a captura de grandes peixes oceânicos, como barracudas, cavalas, dourados e peixes de bico, o farnangaio (Hemiramphus brasiliensis) também é um peixe bastante esportivo de nossas praias.

Tem corpo alongado, com cerca de 20 a 30 centímetros, dorso levemente esverdeado e um bico comprido e vermelho na ponta, que deu origem à expressão: “gostaria de saber quem passou batom na boca do farnangaio”.

À mesa, é um petisco muito saboroso para ser acompanhado na companhia de uma boa cervejinha.

Mas sua grande qualidade é o potencial para saltos e puxadas frenéticas, ainda mais valorizadas quando é pescado com o equipamento certo.

farnangaio-300x225 Pesca de Farnangaio

> Varas: de ação ultra-leve ou leve (4 a 15 libras), com 2,7 a 3 metros. Tirret, Dallas e Geniale estão entre as mais conhecidas;
> Molinetes: de porte pequeno (ultra-light), com capacidade para 150 metros de linha 0,20mm. Com linha, seu peso oscila entre 200 e 300 gramas. Os modelos UL-300 Marine Sports é o mais usado .
> Linha: 0,16mm (6lb), 0,18mm (8lb) e 0,20mm (10lb), sem arranque;
> Anzóis: modelos akita kitsune nº 5 ou miako nº 6, “empatados” com linha de flúor carbono 0,25mm e 30cm de comprimento;
> Chicotes: com 60 centímetros, de fluorcarbono, com distância de 40 cm entre os rotores (tamanho 1) e giradores (número 14 a 20);
> Bóia: nº 8, formato pêra, confeccionada em madeira “kiri”;
> Chumbo: modelo moeda (ver quadro);
> Iscas: a mais usada é o camarão, em fibras e pedaços bem pequenos. Outra opção são pequenas tiras de lula, difíceis de sair do anzol, mesmo quando o peixe está fisgado.

farnangaio-chicote-300x115 Pesca de Farnangaio

farnangaio-1-300x225 Pesca de Farnangaio  farnanga04-225x300 Pesca de Farnangaio

A técnica

O farnangaio geralmente ficam bem próximos à beira, principalmente em dias com mar calmo, poucas ondas e temperatura amena.

Deve-se arremessar o conjunto o mais longe possível, para então recolher a linha, lentamente.

A chumbada moeda virá girando na flor da água, rotacionando as pernadas e as iscas. Os peixes as acompanham e costumam atacá-las mais próximos à arrebentação.

É quando sentimos um peso e conseguimos ver os seus saltos. Mas atenção: mesmo assim, deve-se continuar com a mesma velocidade, sem dar qualquer tranco ou acelerar.

Devido pequeno tamanho de sua boca, ele consegue se livrar com facilidade.

Quando estiver na areia, basta balançar o caniço para que se soltem.

A técnica é a mesma quando se usa a bóia de arremesso.

É normal, durante a pesca de farnangaio, capturarmos também pampos, palombetas e guaiviras, que frequentam a mesma faixa d’água, deixando a pescaria ainda mais divertida.

farnanga06-264x300 Pesca de Farnangaio

 

Fonte : Coluna da Revista Pesca Esportiva, Edição Nº 127/Março de 2008

 

Visite nossa loja virtual e confira toda linha de equipamentos para pesca

loja-virtual Pesca de Farnangaio

www.pescanapraia.com

Comentários

  1. Ricardo Fernandes
    Ricardo Fernandes setembro 03, 13:55
    Boa tarde!!! Vcs teriam esse conjunto (chicote pronto) para pesca de Farnangaio? O preço por favor. Aguardo resposta Obrigado

Escrever comentário

Seus dados não será publicado! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa. Os campos obrigatórios marcados como *