16 out

Garoupa

 

Nome Popular
Garoupa/ Dusky Grouper, Dusky perch

Nome Científico
Epinephelus marginatus

Família
Serranidae

Distribuição Geográfica
Regiões Norte, Nordeste e Sudeste.

Descrição
Peixe de escamas pequenas; corpo, cabeça e boca grandes; pedúnculo da nadadeira caudal curto e grosso. A coloração da Garoupa é parda avermelhada, com manchas esverdeadas nos flancos, formando faixas verticais; o ventre é amarelado. As nadadeiras são arredondadas, escuras com a margem clara. Alcança mais de 1,5m de comprimento total e 60kg. Outras três espécies também conhecidas por garoupa, porém de porte menor são bastante comuns no Brasil. Epinephelus guttatus, garoupa pintada. Possui coloração variando de verde acinzentado à marrom claro, com cinco barras escuras ao longo do corpo e várias pintas vermelho-alaranjadas bastante características por todo o corpo. Alcança 75cm e 25kg. A Epinephelus morio, garoupa São Tomé, que possui o corpo robusto, nadadeira caudal truncada nos espécimes jovens, que torna-se lunada com o crescimento. O segundo espinho da nadadeira dorsal é o maior, e os outros decrescem em tamanho em direção à cauda. Alcança no máximo 80cm e 20kg; e Epinephelus striatus, garoupa de trindade, muito semelhante à anterior, porém o terceiro espinho da nadadeira dorsal é o maior.

Ecologia
São encontradas ao longo do litoral brasileiro, nos fundos de pedras e corais ou onde existam estruturas submersas, e vivem em tocas. Os adultos são mais comumente encontrados em profundidades que variam entre 15 e 100m. Eventualmente podem ser encontradas em estuários. Alimentam-se de peixes, lagostas, camarões, ouriços, moluscos e lulas. Todas as garoupas são bastante apreciadas como alimento, e sua carne é tida como de excelente qualidade, e tem grande importância comercial principalmente no Sudeste do Brasil. A maior espécie é um grande troféu tanta para a pesca  com vara e molinete/carretilha quando pesca subaquática,

Equipamentos
Equipamentos do tipo médio/pesado a pesado, mesmo para os pequenos exemplares, porque os peixes costumam se entocar após serem fisgados. A vara deve ser dura para evitar a corrida do peixe. As linhas devem ser altamente resistentes à abrasão, como as confeccionadas em kevlar (multifilamento), com resistência variando de 20 a 70 lb. Por causa da boca grande, os anzóis devem ser de nº 6/0 a 12/0. Não é preciso encastoar o anzol.

Iscas
Iscas artificiais que trabalhem mais no fundo, como os plugs de barbela longa (crankbaits), jigs e grandes shads. Iscas naturais de sardinhas, bonitos e atuns também são atrativas, principalmente quando estão estragadas.

Dicas
O peixe deve ser puxado rapidamente, antes que entre em um buraco. Para isso é aconselhável usar linhas mais duras e a fricção deve ser mais apertada. Os peixes pegos em grandes profundidades chegam à superfície com a bexiga natatória inflada, devido à dilatação dos gases contida nela. Assim, quando soltos, não conseguem afundar na coluna d’água. Uma das alternativas é fazer um furo na bexiga, atrás da nadadeira peitoral, na metade do corpo, com o uso de uma agulha. Outra alternativa é usar um down rigger (aparelho usado para corricar), prender o peixe com um anzol em sua corda e ir descendo aos poucos. Assim, os gases vão voltando ao normal e o peixe se recupera rapidamente. As garoupas são bastante resistentes, sendo que peixes marcados já foram recapturados até quatro vezes.

Recorde
21.25 kg/ 46 lb 13 oz para a garoupa verdadeira Epinephelus marginatus
17,46 kg/38 lb 8 oz para a garoupa de trindade Epinephelus striatus
19,16 kg/42 lb 4 oz para garoupa São Tomé Epinephelus morio
3,84 kg/8 lb 7 oz para a garoupa pintada (Red Hind) Epinephelus guttatus

Fonte – Guia da Pesca

 

ADQUIRA O KIT P/ PESCA DE GAROUPA 

estojo black 3

ESTOJO + 10 CAMARÕES ARTIFICIAIS C/JIGHEAD

R$ 64,90 – ( Em até 12 x sem juros nos cartões )

R$ 58,41 – ( A vista – depósito ou boleto bancário ) 

 

BOTÃO FAÇA SEU PEDIDO

 

Receba as atualizações do Pesca na Praia em seu email.

www.pescanapraia.com

4 Comentários »

  1. oi tio

    Gostaria de saber quando vc vai colocar a foto do pargo.Gostei muito da materia da garoupa.

    obg

    Didi

    Comentário by Diego — 30/10/2012 @ 8:58

  2. Oi Di , tudo bem ? vou colocar todas as fotos no mural em breve , inclusive a foto do Pargo .

    Comentário by Alexandre — 30/10/2012 @ 16:12

  3. Alexandre, parabéns pelo site!
    Gostei muito da matéria da garoupa. Gostaria de ajudar pois tenho fotos de um filhote de garoupa pintada que meu sogro fisgou recentemente no litoral do RN. As fotos estão muito boas e combinam perfeitamente com a sua descrição, no texto.
    E para esclarecer, devolvemos o bebê garoupa ao mar depois das fotos.
    Se você quiser posso te enviar as imagens por e-mail.

    Comentário by Bruno Barros — 03/06/2014 @ 12:51

  4. Prezado Bruno , tudo bem ?

    Sim , pode nos enviar as fotos diretamente em nosso email falecom@pescanapraia.com , teremos o imenso prazer em divulgá-las em nosso site .

    Agradecemos sua visita e ficamos no aguardo das fotos para que possamos introduzi-las à matéria em questão .

    Sucesso e boas pescarias !

    Comentário by Alexandre Bouças — 03/06/2014 @ 13:00

Deixe um comentário

PARCEIROS