Dicas importantes sobre varas
17/06/2015
0 comments
Compartilhe

Dicas importantes sobre varas

Vamos conhecer um pouco mais sobre as varas , suas ações e particularidades , dicas extremamente importantes na escolha e aquisição de sua vara de pesca .

Cada modelo em questão , se aplica a um determinado tipo de pescaria , seja ela ultra light , média ou pesada .

Acompanhe um pouco mais sobre cada modelo e suas particularidades .

Temos as seguintes aplicações
SURF CASTING – Vara pesca de praia, que podem chegar a 4,50 m e sua capacidade de arremesso, medido pelo seu Power (Resistência).
SPINNING – Varas para utilização com molinetes e muito utilizada na pesca embarcada.
BAITCASTING – Vara para uso com carretilhas na pesca de lançamento com iscas artificiais.
TROLLING – Especiais para pesca de corrico. São varas curtas, de grande resistência e utilizadas com carretilhas pesadas.
FLYFISHING – Vara específica para a modalidade, juntamente com outros equipamentos, incluindo o carretel e linha. As iscas do Flyfishing não possuem peso para serem arremessadas, sendo a linha que faz o trabalho de levar a “mosca” até o local desejado.
Dividiremos em 3 grupos 

Vara para molinete – Tendo passadores maiores, pois a linha sai em espiral causando maior atrito da linha com o passador. Não possuem gatilho.

Vara para carretilha – Os passadores são menores, pois a linha sai reta causando menos atrito. A maioria possui gatilho

Varas Lisas – Sem passadores, são utilizadas nas pesca de barranco sem carretéis e podem ser de bambu ou industrializadas.

Descrição detalhada da vara

BLANK – É o corpo da vara, responsável pelo poder da vara, ou seja, a quantidade de esforço que a vara suporta e é ele o responsável pela ação da vara .
REEL SEAT – É o local onde se fixa, a carretilha,molinete e spincast na vara
REAR GRIP – Conhecido como “cabo”. As vezes curto ou comprido dependendo da modalidade a ser usada.
BUTT CAP – É a tampa do cabo. Peça muito importante. Além de ser um item no acabamento da vara. É o Butt Cap que evita o choque direto do Blank com o chão, o que poderia causar trincas na vara. É ele também que veda o cabo e o Blank para não acumular sujeiras como umidade, areia, limo, maresia, barro, etc.
TIP TOP – A Ponteira da vara.
GUIDES – São os Passadores ou Guias da Mesma.
HOOK KEEP – Prendedor de anzol/ iscas artificiais, item que algumas tem outras não. Embora seja de grande ajuda, não altera nada na vara ter ou não

Classificações

As varas são classificadas quanto ao comprimento, pesos de arremesso,powerou força, capacidade de pesos e resistência das linhas e ações. Normalmente essas classificações vem impressas nas próprias varas

Comprimento

É a medida do cabo à ponteira. Quanto mais compridas forem, mais longe se pode arremessar. Porém,no arremesso fatores como ações da varas, pesos das iscas, espessuras das linhas e qualidade da carretilha podem influenciar.
Em geral o comprimento delas vem descrito em pés e polegadas.
4´ 6″ – (1,37 m)
5´ – (1,52 m) Tamanho encontrado para ações UL ou L , para uso com molinetes ou spincast.
5´ 3″ – (1,59 m) Mais encontrada nas ações UL, L e mais raramente ML, para uso com molinetes e spincast, mas nas ações L e ML pode se encontrar para uso com carretilhas.
5´ 6″ – (1,67 m) Este tamanho é o mais usado para molinetes e carretilhas com iscas artificiais em pesca embarcada, pode ser encontrada em todos os níveis de ação.
6´ – (1,82 m) Tamanho ideal para arremesos de média a longa distância, para molinetes são encontradas nas ações L a MH e para carretilhas nas ação de ML até XH.
6´ 6″ – (1,98 m) Para molinetes são encontradas nas ações L a H e para carretilhas nas ações de MH a XH, sendo o tamanho ideal para arremesos de longa distância.
7´ – (2,13 m) Disponíveis tanto para molinetes como carretilhas e as mais usadas são as de ações M a H nos arremesos extra longos (acima de 50 metros) .
7´ 6″ – (2,28 m) Disponíveis tanto para molinetes como carretilhas e as mais usadas são as de ações M a H nos arremesos extra longos (acima de 50 metros).
8´ 6″ – (2,58 m) Disponíveis tanto para molinetes como carretilhas e as mais usadas são as de ações M a H nos arremesos extra longos (acima de 50 metros).
9´ – (2,74 m) Disponíveis tanto para molinetes como carretilhas e as mais usadas são as de ações M a H nos arremesos extra longos (acima de 50 metros) .

Peso de Arremesso

As varas possuem limites mínimos e máximos quanto ao peso de iscas que suportam arremessar. Os valores referentes a pesos de arremessos vem expressos em onças (OZ).
Normalmente vem descrito nas varas como Casting e na frente o limete de pesos

Capacidade de peso e resistencia da linha

Determina qual a capacidade mínima e máxima da linha com que se pode trabalhar. A mínima é a linha mais fraca que pode ser utilizada sem risco de partir no arremesso. A máxima é a mais forte que pode ser utilizada sem o risco de danificar a vara.
As variações entre as medidas dos diâmetros são expressas em frações de milímetro (ex.: 0,25 – 0,40 – 0,50) e a libragem em libras (ex.: 10lb, 25lb, 50lb).
Vale lembrar que usar linhas um pouco mais finas ou pouca coisa mais grossas não oferece grande perigos, claro que devemos ter descernimento nisso.

Varas Maciças x Ocas

As varas dependendo do componente podem ser mais leves ou mais pesadas, eu não vou abordar sobre isso de form mais especifica neste post.
Porem para se ter uma base, para pescas com iscas artificiais é interessante varas bastante leves, devido a qauntidade de arremessos realisadas, por isso o tipo de pesca define o tipo de vara.

Existem outras duas caracteristicas que devemos considerar em nossas varas, uma é o tipo de Ação e a outra é o Power da vara conforme abaixo :

Tipos de ação da vara : 
 

Ação Extra Rápida – Curva-se somente na parte da ponta.
Ação Rápida – Curva-se na terça parte superior da vara.
Ação Moderada – A curvatura estende-se em toda a metade superior.
Ação Lenta – Curvatura progressiva em todo a vara.

Depois de definido o tipo de ação vamos definir o power, também conhecido como força.
Power
A Força ou resistência refere-se a quantidade de força necessária para curvar a vara. A espessura e o tipo de material do blank determinarão isto.
Como já dissemos, muitos fabricantes e pescadores confundem força com a ação. As varas são classificadas quanto a sua força em numerações que vão de 1 a 7, correspondendo a denominação de ultra-leve até extra-pesada. A melhor maneira de saber qual a força de uma vara é verificar as linhas e iscas recomendadas a cada uma delas, como podemos ver na tabela a seguir.
Classificação

Categoria——————–Resistência da linha———–Peso da isca

 

1-Ultra-Leve – UL ———– 2lb – 8lb ——————0,88g – 7,08g
2-Leve – L ———————- 4lb – 10lb —————-1,77g – 10,63g
3-Leve-Média – LM ——— 6lb – 12lb —————-3,54g – 14,17g
4-Média – M ——————– 8lb – 14lb —————-7,08g – 17,71g
5-Média-Pesada – MH —– 10lb – 20lb ————–10,63g – 28,35g
6-Pesada – H —————— 12lb – 30lb ————–14,17g – 42,52g
7-Extra Pesada – XH ——– 30lb adiante ————-21,26g – xxxg

 



www.pescanapraia.com

Comentários

Ainda não há comentários! Você pode ser o Primero a comentar esse artigo!

Escrever comentário

Seus dados não será publicado! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa. Os campos obrigatórios marcados como *