Pesca dos Pampos
17/11/2011
0 comments
Compartilhe

Pesca dos Pampos

Sempre que estamos com os pés na areia, após arrumar toda a tralha, preparar os chicotes com os anzóis, iscar  com carinho e arremessar, pensamos: “Puxa, bem que podia entrar um belo de um  peixe e tomar toda a linha sem parar”…

Com certeza, sempre ficamos com esse  pretensioso pensamento quando estamos pescando.

Um dos poucos peixes que podem  seguramente dar essa emoção ao pescador de praia são os pampos (Trachinotuscarolinus).

pampo1 Pesca dos Pampos

 

Com sua força inesgotável, grande velocidade comque corta as ondas e até alguns eventuais saltos, ele chega a brigar com orobalo pelo título de peixe mais esportivo na modalidade. Os pampos podem ser
encontrados nas praias de todo o país.

Os maiores Pampos são encontrados a partir do litoral do Espírito Santo, em direção ao norte. A cor prata nosflancos, com o dorso esverdeado e o ventre amarelo-ouro caracterizam as cores
desse valente, que chega a ser encontrado com mais de 3 kg na praia.
Costuma ficar na arrebentação das ondas, na “espuma”, em busca de alimentos que se desprendem do fundo. Andam em cardumes e atacam as iscas com vontade.

 

Materiais indicados

– Varas: de 3,6 a 3,9 metros, resistentes e de ação média
– Molinetes: médios e grandes, tamanho 4000 a 7000
– Linhas: pode-se usar as mais finas, com 0,18 mm ou 0,20 mm, lembrando que em algumas regiões será necessário usar náilon entre 0,25 mm e 0,30 mm devido aos grandes exemplares.
– Arranque: uma boa opção é o progressivo, que vai de 0,23 mm até 0,50 mm, ou linha normal entre 0,37 e 0,45 mm.
– Anzóis: médios, como os modelos Maruseigo 14, Mini Shiner Hook 1, Pro Hirame 15, Isumedina 14, Yamajin 2/0 e Big Surf 12 e 16.
– Iscas: o pampo é forte e veloz no ataque. Iscas médias e grandes como corrupto inteiro, camarão descascado e inteiro, minhoca de praia e tatuí são as preferidas, e que têm os melhores resultados.
– Chicotes : e chumbos: pode-se usar chicotes com dois rotores, com distância de 70 ou 80 cm entre os rotores, usando também pernadas um pouco mais longas, por volta de 40 cm. Com a intenção de fixar o chumbo e deixar a pernada “trabalhando” solta, uma boa escolha são “pirâmides” de 70 a 140 gramas, dependendo da região e da força da corrente marinha na praia.

 

Cuidados especiais

Tenha certo cuidado ao preparar os chicotes para os pampos . Use, de preferência, rotores fechados, evitando os de engate rápido e munidos com snap´s também reforçados que prendem o chumbo. A batida dele é forte, e alguns materiais podem romper. Ao segurar o peixe, o pescador deve ficar atento com os espinhos em seu dorso, ou os pampos lhe deixará suas marcas.

NOVA TÉCNICA PARA PESCA DO PAMPO 

Um sistema que tem trazido bons resultados , inclusive na captura de grandes Pampos , é o uso do chicote de pesca de praia com duas pernadas , usando como isca o tatuí em silicone .
Feito com garrote ( borracha de soro ) , aliado a um pedaço de cadarço na cor vermelho , que faz imitar as ovas do tatuí .

Este tipo de chicote tem se mostrado muito eficiente em praias de tombo ( fundas ) , por não haver a necessidade de se entrar na água para efetuar , em praias rasas , o trabalho do chicote se torna mais produtivo na rebentação das ondas , onde forma a espuma .

 

 

 visite-nossa-loja-virtual Pesca dos Pampos

 

www.pescanapraia.com

Comentários

Ainda não há comentários! Você pode ser o Primero a comentar esse artigo!

Escrever comentário

Seus dados não será publicado! Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa. Os campos obrigatórios marcados como *